Memórias

“Sinto saudades de uma vida tranquila, sinto saudades de sonhar.
Parece tão proibido aqui.
Sinto saudades de gargalhar.
Meu sorriso está tenso.
Sinto falta de abraços.
Estou morrendo de sede em frente ao mar.
Sinto saudades de arroz e feijão.
Esse par se tornou tão estranho ultimamente.
Sinto saudades da mamãe, do meu irmão.
Sinto saudades de quando eu era virgem.
Atualmente tenho que entender masturbação.
Sinto saudades da minha rede.
Meu corpo e meu coração estão doendo.
Sinto saudades dos meus amigos.
Solidão é horrível.
Sinto saudades do Natal.
Cantar o “parabéns pra você” não é mais uma boa ideia.
Sinto saudades de ir para o meu trabalho.
Tão terrível não encontrar prazer no nada para fazer.
Sinto saudades do Sol.
Sinto saudades de Chicago.
Sinto saudades do Brasil, da minha ilha.
Não há outra beira-mar mais linda!
Sinto saudades de água de  coco  e de brisa fresca.
O vento aqui tem um terrível humor.
Sinto saudades das flores.
Queria estar na Holanda dos meus sonhos!
Sinto saudades de beber café com os meus clientes.
Advogados aqui não são necessários.
Sinto saudades do meu passado.
Sinto saudades do meu futuro.
Sinto saudades de mim mesma.
Sinto saudades de você.”
Memórias de Jane; trechos do romance Mevrouw Jane (Josane Mary)

Sobre Josane Mary

O ato de escrever se tranformou numa extensão de mim... https://josanemary.wordpress.com
Esse post foi publicado em Escrever, Holanda, Literatura, Livro Lançamento, livros, Mevrouw Jane, Relacionamento e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

10 respostas para Memórias

  1. ntonio Ramiro Fonseca disse:

    Oi Jô,
    Mevrouw Jane tem fincada, de forma vigorosa, as suas raízes. Tais manifestações atestam o tamanho da sua vitória. Mevrouw Jane é pura alma, pura doçura, pura fidelidade às suas origens. Porém, é, acima de tudo o exemplo da superação, da luta, do vigor e da vitória.
    Minha admiração aumentou ainda mais.
    Abraços Fraternos,
    Ramiro

    • Josane Mary disse:

      Oi, Ramiroviski! Bom-dia!
      Que alegria saber que gostou! Obrigada!
      Está guase chegando o dia de anunciar o lançamento de Mevrouw Jane, aí no Brasil. Por isso, achei apropriado ir expondo mais um pouco do livro; deixando que seus futuros leitores adentrem por suas páginas.
      Sim, o choque cultural foi imenso. Mas graças a ele, aprendi muito, inclusive sobre mim mesma. É como eu já afirmei aqui: Mevrouw Jane me ensinou tanto!
      Seu carinho é mais que um gostoso abraço! Obrigada!
      Tenha um ótimo dia, e até o próximo post!

  2. Tatiana disse:

    Compartilho tantas destas saudades … algumas pessoas chegaram a achar “engraçado” qdo dizia q sentia saudade até dos cheiros – foi difìcil explicar.
    A que mais doi é aquela das pessoas queridas mas, também, saudade de mim, q ficou numa parte lá do tempo, q se chama passado.
    Estou adorando “conhecer” seu livro em pequenos pedacinhos😉
    Bjos!

    • Josane Mary disse:

      Oi, Tatiana! Boa-noite!
      Bom demais ler o seu comentário! Obrigadíssima!
      Grande abraço e tenha uma ótima semana, aí na Espanha.

      ps: li o seu post ‘comparações’ e ri muito! Fofo demais o seu ‘pequeno’!

      • Tatiana disse:

        Oi, Josane!
        Morei quase 7 anos na Espanha, mas hà dois anos moro em Roma.
        Obrigada pelo carinho e pela visita no nosso blog tb!
        Bjos!

      • Josane Mary disse:

        Oi, Tatiana! Bom-noite!
        Que alegria receber a sua visita! Se você gostar de ler, será uma honra se Mevrouw Jane vier a ser um dos próximos livros que deseja ler.
        Espero que possa ler o prefácio do mesmo, aqui no blog. Se gostar [ou não], deixe seu comentário. Vou adorar saber a sua opinião.
        Volte sempre que puder, será sempre muitíssima bem-vinda.
        Um grande abraço e tenha uma ótima semana, aí em Roma.

  3. Magnólia Moura disse:

    Oi Josane,
    Sinto saudades do meu passado.
    Sinto saudades do meu futuro.
    Sinto saudades de mim mesma.
    Sinto saudades de você.”
    Tocante, especialmente por ter lido na véspera do dia das mães.
    Pela primeira vez vou passar o dia das mães sozinha.
    Desejo a você um feliz dia das mães!!!
    Um forte abraço!!!

  4. Saudades das coisas simples.

    • Josane Mary disse:

      Oi, Neemias! Bom-noite!
      Que alegria receber a sua visita! Você disse tudo: “saudades de coisas simples!”
      Se gostar de ler, será uma honra se Mevrouw Jane vier a ser um dos próximos livros que deseja ler. Espero que possa ler o prefácio do mesmo, aqui no blog. Se gostar [ou não], deixe seu comentário; vou adorar saber a sua opinião.
      Abraços e tenha uma ótima semana!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s