Armadilha

Fascinada com o conteúdo de um dos livros que comprei semanas atrás, quando estava no Brasil, “O Código da inteligência e a excelência emocional“, de Augusto Cury – psiquiatra, psicoterapeuta e autor de best-sellers -,  senti hoje, grande vontade de compartilhar pequenos trechos do capítulo 6. Não somente brilhante, mas tão real. Confira: 
“Primeira armadilha da mente humana: o conformismo

O ser humano pode viver amordaçado dentro de si, ainda que sua língua esteja livre para falar. Pode viver acorrentado, ainda que suas pernas estejam soltas. Pode viver asfixiado, ainda que seus pulmões estejam abertos.
Há diversas armadilhas mentais que são construídas clandestinamente ao longo do processo de formação da personalidade humana. Elas nos aprisionam no lugar em que todos deveríamos ser livres.  Nenhum ser humano está livre delas, por isso  nenhum ser humano é plenamente livre, seja ele uma criança ou um adulto, um intelectual ou um iletrado, um psiquiatra ou um paciente, um europeu ou um africano.
Lucidez para reconhecê-las e humildade para assumi-las são fundamentais para superá-las. Como quase que tudo na psique é de mão dupla, as armadilhas da mente humana bloqueiam a capacidade de decifrar os códigos da inteligência e por sua vez a incapacidade de decifrar determinados códigos constrói essas armadilhas. Somos vítimas e vilões da sociedade, somos vítimas e vilões de nós mesmos. […]
[…] Todo ser humano quer ser reconhecido, todo ser humano precisa escrever a sua própria história.
[…] Se um aluno não for conformista e tiver péssimo desempenho nas provas, decifrará o código da capacidade de lutar, reagir. Ficará incomodado, debaterá ideias, melhorará sua concentração. Dedicará mais tempo e energia para virar o jogo e se superar, como Einsten que não era um aluno brilhante nos primeiros anos de escola. Mas se for conformista, formará janelas doentias que o aprisionarão e o levarão a acreditar que seu destino está lançado. Transformará mentiras em verdades, acreditará ser incapaz, limitado, destituído de inteligência, intelectualmente inferior aos colegas.
[…] Ninguém pode asfixiar, anular e amordaçar mais um ser humano do que ele mesmo.
[…]Não percebem que são, acima de tudo, complexos seres humanos e como tal podem desenvolver a capacidade de proteger sua emoção, gerenciar pensamentos, filtrar estímulos estressantes. Desconhecem o tesouro enterrado nas pilhas de suas perdas. Se decifrassem os códigos da inteligência, romperiam suas algemas, se reciclariam e se preparariam para uma segunda jornada …”
Paciência e perseverança tem o efeito mágico de fazer as dificuldades desaparecerem e os obstáculos sumirem.” John Quincy Adams
Saudações literárias, daqui da Holanda, e até o próximo post!

Sobre Josane Mary

O ato de escrever se tranformou numa extensão de mim... https://josanemary.wordpress.com
Esse post foi publicado em Atreva-se, Augusto Cury, Conformismo, Inevitável, Inspiração, Literatura, livros, Mente Humana e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Armadilha

  1. Antonio Ramiro Fonseca disse:

    Querida Amiga Jô,

    Ainda um pouco debilitado pelas armadilhas físicas que os meus rins me causaram, quero, lhe saudar, homenagear e parabenizar pelo sucesso e quebra de expectativas do lançamento do seu livro “MEVROUW JANE”, tanto em Vitória quanto na capital misteriosa do Brasil, Cachoeiro do Itapemirim, a maior exportadora de intelectuais do nosso Estado. Que pena que não pudemos nos ver e conversarmos muuuuiiiitooo !

    O pequeno trecho do livro do Augusto Cury, já demonstra a grandiosidade do conteúdo e mensagem total do mesmo.

    Eu sempre me indago por que criou-se tantas convenções , á ponto de levar os seres humanos á encarar a vida como uma armadilha ou campo minado. O mêdo de pisar na arapuca ou ser levado aos ares pela explosão de uma mina, fatalmente, leva o ser humano á comodidade do CONFORMISMO.
    Saúde, Paz e Abraços Fraternos
    Ramirovskiy

    • Josane Mary disse:

      Querido Ramirovisky,
      Receba as minhas melhores vibrações para que brevemente você esteja tinindo de novo!
      Como sempre, é uma alegria ler as suas palavras! Obrigadíssima! Você é muito especial!
      Grande abraço, ótimo sábado e até o próximo post.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s